Arrancou na última sexta-feira a dragagem do porto de Quelimane na província central da Zambézia, trabalho que deverá prolongar-se até Janeiro de 2016 e, espera-se com esta operação a remoção de mais de 320 mil metros cúbicos de sedimentos, conforme garantem as autoridades governamentais. 

Trata-se de uma intervenção que não acontece há pelo menos cinco anos naquela unidade portuária, prevendo-se que com esta operação se consiga atingir uma profundidade de cinco metros, consequentemente oferecer melhores condições de navegabilidade prevendo-se contribuir para a subida da economia em escala.

Os trabalhos estão a ser executados pela Emodraga-Ep, uma empresa sedeada na Capital da província de Sofala, Beira. O Porto de Quelimane é o quarto maior e mais importante do país, depois de Maputo, Beira e Nacala.

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: