O fundo de financiamento do PERPU destina-se, prioritariamente, a apoiar pessoas vivendo em situações de pobreza, mas economicamente activas, e que não têm acesso ao crédito bancário e ou outro, concebido por instituições financeiras formais.

Segundo explicou o Director do PERPU, Jacinto António Alfandega a cerimónia do lançamento do programa para este ano esta prevista para o dia 23 de julho corrente no salão nobre do Conselho, devendo já no dia 24 do mesmo mês iniciar o processo da distribuição dos formulários para aos postos administrativos da autarquia, local onde os munícipes interessados deverão dirigir-se para efectuar a sua candidatura “o processo é publico, engloba a todos, não te haver com etnias ou cores partidárias, favorece principalmente a camada desfavorecida. Existem jovens com ideias brilhantes, mais por não terem meios ou fundos para dar seguimento as suas iniciativas acabam parando. A seleção dos projectos parte do conselho consultivo dos bairros, eles são os responsáveis por seleccionar os projectos legíveis ”.

A distribuição do fundo por posto Administrativo Municipal é feita com base no tamanho, número da população, grau de captação das receitas e a incidência da pobreza na circunscrição. PERPU é uma estratégia que visa contribuir para a redução da pobreza, através do financiamento de pequenos projectos de geração de renda e emprego.

É de destacar o facto de um número significativo de Munícipes estarem atentos e interessados em empreender e criar mais emprego na autarquia, por riso o Plano estratégico para a redução a pobreza Urbana, contempla dois vectores fundamentais, a geração ou criação de oportunidades de emprego, incluindo o sector informal, pequenas industriam, serviços intensivos em trabalho e melhoria do ambiente de negócios. Explica Jacinto António Alfandega

Conquanto sabe-se que até ao momento o Conselho Municipal tem nos seus cofres cerca de cinco milhões cento e setenta e cinco mil meticais, trezentos noventa e cinco meticais, valor correspondente a 50% num total de dez milhões trezentos e cinquenta mil e setecentos e noventa e nove meticais, entretanto o valor remanescente deverá dar entrada aos cofres do município de Quelimane antes da data do lançamento do programa.

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: