Comerciantes que exercem as suas actividades Económicas no Mercado do Sangariveira no Posto Administrativo n° 2 em Quelimane deverão abandonar aquele local para dar lugar ao inicio das obras para a construção de um novo mercado de raiz cujo as obras estão previstas que comecem no próximo mês de Dezembro, a informação foi facultada esta semana pelo responsável pelo pelouro de actividades económicas, mercados e feiras no Conselho Municipal de Quelimane, Celestino Ginote.

Decorre neste momento uma campanha de mobilização para a remoção voluntaria das bancas por parte dos proprietários para um mercado provisório, uma acção conjunta entre a edilidade e membros das organizações da sociedade civil.

As obras estão avaliadas em mais de três milhões de meticais, suporte financeiro do fundo de receitas do Conselho Municipal de Quelimane e estão a cargo da empresa Conedam. Lda, segundo o anúncio de adjudicação publicado esta terça-feira pelo Jornal Municipal Bons Sinais.

Celestino Ginote refere que com a conclusão e entrada em funcionamento daquele mercado, ficara para trás os problemas de higiene que se verificavam na venda de alguns produtos alimentares bem como ajudará a robustecer a capacidade de arrecadação de receitas para os cofres da edilidade.

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: