Mais de três centenas de munícipes residentes no Município de Quelimane sairão as ruas hoje (4 de Outubro) para exigir do Governo Moçambicano acções enérgicas com vista a reposição da Paz e estabilidade no Pais, juntaram-se a iniciativa partidos políticos, confissões religiosas membros do Governo Municipal entre outras forças vivas da sociedade.

A marcha teve inicio em frente ao edifício sede do Conselho Municipal de Quelimane e foi desaguar na praça da Paz um monumento histórico erguido em 2012 e inaugurado pelo Presidente do Município de Quelimane, Manuel de Araújo, na presença do Líder do maior partido da oposição em Moçambique, Afonso Dlakhama e Raul Domingos Negociador Chefe do Acordo Geral de Paz assinado a 4 Outubro de 1992 em Roma na Itália.

Manuel de Araújo no seu discurso a população proferido na praça da Paz referiu que é necessário cultivar um diálogo profundo e que a violência não deve continuar a ser um instrumento político no país.

Galeria de Fotos 

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: