DSC_0476 (1)O Conselho Municipal de Quelimane, está, empenhado na inauguração e entrega sanitários públicos à a população , visando oferecer aos munícipes condições adequadas de saneamento a fim de prevenir a ocorrência de doenças contagiosas, sobretudo diarreias e cólera através da contaminação de águas dos poços.
Manuel de Araújo , Edil de Quelimane definiu a saúde como sendo uma actividade prioritária por parte da edilidade face ao crescimento da população ao nível da autarquia. Para o efeito , foram hoje entregues aos munícipes residentes nas zonas de Sampene, Sangariveira e Brandão três sanitários públicos uma iniciativa que visa combater o fecalismo a céu aberto na urbe.

São no total dez infraestruturas construídas com o apoio financeiro do Millennium Challenge Account uma agência bilateral de ajuda externa dos Estados Unidos da América. Os referidos sanitários foram edificados em locais considerados estratégicos, sendo que estes três hoje entregues a população vão beneficiar mormente aos comerciantes que praticam as suas actividades nos mercados das zonas residenciais de Sampene, Sangariveira e Brandão.DSC_0469
Falando no acto da inauguração, o edil de Quelimane disse ser importante cuidar das infraestruturas como forma de honrar o esforço que a edilidade tem vindo a aplicar para a melhoria das condições de vida dos munícipes.
“Pedimos para que cuidem destes sanitários, estes sanitários não são do Conselho Municipal, são da população. Nos queremos acabar com esta cultura de fecalismo a céu aberto na cidade de Quelimane”.
Cidadãos ouvidos pela nossa reportagem no bairro Sampene mostraram-se preocupados com o elevado nível de obstrução das pontes e clamam pela construção de um hospital de raiz como forma de reduzir os casos de morte e complicações no parto dada a distancia que devem percorrer para encontrar a unidade sanitária mais próxima.

Texto Publicado pelo Jornal Txopela

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: