As obras da estrada 2022 que liga Benedito/Sangariveira, em setenta e cinco por centos de execução.

s1480051
As obras de asfaltagem da estrada 2022, que parte da Av. Julius Nyerere (Benidito Mussa) que liga a unidade residencial de Sangariveira num troço de aproximadamente dois quilómetros (2km), encontram-se em setenta e cinco por centos de execução (75℅), segundo informações avançadas na manha desta quarta-feira (21) por John Banda, Director de estradas do Conselho Municipal de Quelimane.

Segundo Banda, depois da fase de formação da estrada com construção de aquedutos, e de solo-cimento, as obras agora se encontrão na fase de espalhamento do Mc 30, a posterior a fase da rega de 80/100 de asfalto.

“Se as obra continuarem neste ritmo de execução, a previsão da sua entrega esta para o mês de Novembro do ano corrente, aos munícipes da cidade de Quelimane, segundo informações avançadas pela empresa Ceta,  responsável pela obra”. Disse John Banda

A estrada Benedito Mussa / Sangariveira, esta orçada em catorze milhões e novecentos mil meticais, tem o seu prazo de seis meses, por razoes alheias a vontade ouve um atraso nó inicio das actividades, devido as chuvas.s1480022

Com a conclusão das obras, espera-se uma óptima transitabilidade de velocípedes e peões, e transporte de produtos agrícolas, desta forma abrindo novas oportunidades de negócios nas regiões de Benedito, Sangariveira e Ivagalane.

Neste momento a vereação esta privilegiar o tapamento de buracos nas rodovias da zona urbana e na manutenção de estradas suburbanas com trabalhos rotineiros de nivelamento, e com o projecto de colocação de pavê em algumas ruas da cidade.

 

 

Quelimane: Munícipes envolvidos em campanha de limpeza à cidade

IMG_5990Uma campanha de limpeza de algumas artérias da cidade de Quelimane , teve lugar este , sábado, (02) numa iniciativa denominada por Operação Caco que acontece com auspício do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane.

Redução dos focos de lixo e manutenção do saneamento básico da cidade capital da província da Zambézia e consequentemente na prevenção de doenças adquiridas por conta de resíduos sólidos é o objectivo que norteia mais de uma centena de munícipes que estiveram envolvidas nesta segunda edição da mega operação que consubstanciou-se na  limpeza de estradas, esgotos, valas de drenagem e recolha de resíduos, concorrendo para a melhoria da imagem da urbe com destaque para a avenida heróis de libertação nacional.

O director municipal para área da saúde, Jorge Fernandes disse que a iniciativa surgiu como forma de manter a cidade cada vez mais limpa e mais bela para que os visitantes tenham uma boa referência do nível de organização e higiene colectiva de Quelimane, para além de proporcionar um ambiente sadio e livre de doenças resultantes da acumulação excessiva de lixo.

Por outro lado, o responsável frisou que mais do que limpar as ruas, é necessário os estudantes da sua escola e cidadãos em geral, primem pela educação cívica e respeito pelos bens públicos, sobretudo os jardins e locais de grande concentração populacional bem como valas de drenagem nos últimos tempos tem sido alvo de actos de vandalismo por parte de pessoas de identidade desconhecida.

A campanha contou com o apoio da administração municipal de Quelimane que está aberta a parcerias de diversos sectores da sociedade para a limpeza urbana.

Conselho Municipal apoia a Árbitros da Província da Zambézia

S1270002A Comissão Provincial dos Árbitros e Futebol da Zambézia (COPAF), desde domingo ultimo conta com mais de trinta (30) pares de equipamentos para a sua equipa de árbitros e duas (2) Placas de substituição. O apoio vem da parte do Conselho Municipal da Cidade De Quelimane, a cerimonia de entrega foi dirigida pela representante do Presidente do Conselho Municipal.

A responsável do pelouro da Policia Municipal, Transporte e Fiscalização, que participou do evento em representação do autarca da cidade referiu na ocasião que “esta iniciativa visa impulsionar o desporto na cidade de Quelimane, para que tenhamos jogos bem supervisionados é necessário motivar os fiscalizadores do futebol, por isso o Conselho Municipal de Quelimane pautou em apoiar em material de trabalho dos árbitros da província da Zambézia em particular da cidade de Quelimane, para um melhor desempenho nas sua actividades”. Concluiu

Para a Presidente da Associação Provincial do Futebol da Zambézia, Marisa do Rosário o material ofertado será de grande valor e ajuda no seio classe “ já a muito tempo que necessitávamos de equipamentos para a equipa de arbitragem da Província da Zambézia no Geral”. Esclareceu

Marisa do Rosário refere que com o equipamento de trabalho recebido será possível dar passos galopantes no desporto ao nível da cidade de Quelimane e da província no geral.

“Ultimamente víamos os árbitros usarem o seu material pessoal e isso os desmotivava bastante, este equipamento vem galvanizar o trabalho dos nossos árbitros”. Disse Marisa do Rosário

Reconstrução do Mercado da FAE: Inauguração da primeira loja

Captura de ecrã 2016-06-29, às 14.12.32Um incêndio de grandes proporções reduziu a cinzas mais de 100 barracas, com destaque para as de venda de roupa, sapatos, electrodomésticos, entre outros produtos no mercado da FAE em Quelimane, a oito (8) de março de 2016.

O Conselho Municipal de Quelimane, tem vindo junto de parceiros a procura de apoios/ subvenções para a reconstrução daquele centro comercial tido como um dos importantes da cidade. Manuel de Araújo, Presidente da Autarquia procedeu a dias a inauguração da primeira loja de venda de roupa, acto que simboliza o regresso dos comerciantes a aquele mercado.

Estrada Benedito Mussa / Sangariveira: Começa a asfaltagem na próxima semana

DSC_0015Arranca na próxima segunda-feira, o processo de colocação de asfalto na estrada que liga a unidade residencial do Benedito Mussa / Sangariveira num troço de aproximadamente 3 quilómetros, as obras custam a edilidade cerca de 15 milhões de meticais. Informou esta quarta-feira, Yassin Kalu, Vereador para área da Urbanização e Construções no Conselho Municipal de Quelimane.

Com a conclusão das obras de asfaltagem estará garantida para além de uma óptima transitabilidade de velocípedes e pessoas, espera-se de igual modo abrir novas oportunidades de negocio naquela circunscrição geográfica (Sangariveira) e principalmente no novo mercado quem vem sendo erguido pela edilidade. DCI

Edilidade tenciona criar Corpo de Bombeiros Municipal

 

24981253463_6615ba72d2_oA intenção foi manifestada esta terça-feira (08) pelo Chefe do Executivo Municipal, Manuel de Araújo, durante um encontro que manteve com os proprietários das bancas carbonizadas na Feira de Actividades Económicas (FAE) em Quelimane. De Araújo respondia assim as lamentações de populares, que reportaram ao autarca “falta de seriedade dos bombeiros, vieram aqui sem água, no lugar de ajudar, empenharam-se em saquear os bens para benefício próprio”.  

Na sua intervenção, Manuel de Araújo referiu que “os bombeiros respondem a Policia da Republica de Moçambique, portanto faz parte do corpo de salvação publica, vamos tentar ouvir da parte deles o que aconteceu de facto porque isso preocupa-nos, se aquilo que foi aqui dito é verdadeiramente o que aconteceu isso deixa-nos muito preocupados, porque o bombeiro faz um juramento para salvar bens e vidas … também penso que teremos que adiantar os planos, porque penso que precisamos de bombeiros municipais”.

O encontro que teve duração de hora e meia teve lugar ontem no recinto da FAE, reuniu comerciantes do mercado e membros do executivo municipal com vista a encontrar-se soluções conjuntas para minimizar os danos e para que o mercado volte  a funcionar .

Quelimane: Animais nas ruas e avenidas “NÃO”

DSC_0077

Havendo a necessidade da vigilância de pastos de animais nas margens das rodovias da Cidade de Quelimane, o Departamento de Agricultura Pecuária e Pesca do Município de Quelimane em coordenação com o Comando da Policia Municipal, levaram acabo na manha desta quarta-feira (20), uma campanha de apreensão de animais na via pública e proibição de criação de animais domésticos em residências.

Segundo Aldino André, técnico afecto ao departamento de Agricultura, Pecuária e Pecas na Edilidade, esta acção visa reduzir a sinistralidade causada por estes animais na via pública.

Segundo preconiza a postura camarária, para a realização de actividades agrícolas e Pecuárias dentro do perímetro urbano, serão determinados as zonas verdes, onde a Direcção de Agricultura e Pesca da cidade colocará a disposição dos interessados. Fora das zonas verdes, nomeadamente nos talhões, quintais e terrenos baldios das áreas urbanas da cidade e nas encostas é proibido praticar a agricultura, bem como apascentar gado de grande porte designadamente Bovino, Bufalino, Caprino, Ovino e Suíno.

Nesta acção conjunta entre a direcção da agricultura, pecuária e pesca e o Comando da Policia Municipal foram apreendidos mais de três caprinos nas ruas e que emprestavam um ambiente desagradável. No acto da recuperação dos animais apreendidos os visados devem pagar uma taxa de cento e vinte meticais, e a assinatura da declaração de que nunca mais voltaram a movimentar animais na via pública.

Campanha de recenseamento militar arranca em Quelimane

DSC_0099

Teve lugar esta quarta-feira na Escola Acordos de Lusaka em Quelimane, o lançamento da décima nona campanha de recenseamento militar em Moçambique. O evento contou com a presença de várias individualidades ligadas a área militar. Casimiro Pedro da Cruz, Vereador para área da Planificação e Desenvolvimento Autárquico da Edilidade participou em representação do Edil da Cidade, na ocasião instou aos jovens a inscreverem-se e a cumprir com as suas obrigações como cidadãos, para os que forem seleccionados para servir a pátria da Cruz sublinha “”Urge a necessidade dos Membros das Forcas de Defesa e Segurança, lerem e entenderem a Constituição da República de Moçambique, para que devam obediência única e exclusivamente a este comando legal. Qualquer ordem que receberdes, venha donde vier, se viola o preceituado na nossa lei-mãe, não acatem e advirtam a esse vosso superior hierárquico que ele mesmo está a violar a lei”. Disse

Na Cidade de Quelimane o acto do recenseamento militar, cujos centros de inscrição estão abertos em todas as sedes dos postos administrativos e nos estabelecimentos de ensino, o cidadão deverá ser portador de documento de identificação, declaração de habilitações académicas e declaração de residência emitida pela estrutura da área de residência.

Lançamento da obra para a construção de um mercado em Sangariveira

Manuel de Araújo, Presidente do Conselho Municipal de Quelimane, dirigiu na manha desta terça-feira, a cerimónia de lançamento da primeira pedra para a construção de um mercado de raiz na unidade residencial de Sangariveira em Quelimane.

A infra-estrutura vai custar aos cofres da Edilidade cerca de três milhões, duzentos e cinquenta e sete mil e setecentos e vinte meticais, e a obra será executada pela empresa moçambicana, conedam Lda e terá a capacidade para 300 Postos de venda, assim como outros compartimentos para armazenamento de produtos. O Projecto devera estar concluído dentro de quatro meses.

Autarcas de Moçambique reunidos em Quelimane

DSC_0112Cidade de Quelimane, 17 Dez (Bons Sinais. Diário) – O Conselho Nacional da Associação Nacional dos Municípios de Moçambique (ANAMM) esta reunido desde esta quinta-feira (17) em Quelimane, para, de entre outros aspectos, apreciar e aprovar o plano de actividades e o orçamento para 2016.

O encontro, reúne presidentes dos conselhos e das assembleias municipais de quase todas as Autarquias do País, na Cidade Portuária de Quelimane. Durante dois dias , portanto hoje e amanha (sexta-feira, 18 de Dezembro) em cima da mesa estará a discussão da carteira de assuntos para a mesa de negociações com o Governo Moçambicano.  Igualmente será apresentado o balanço e perspectivas de relações institucionais com outras entidades privadas e públicas que trabalham directamente com os Conselhos Municipais como é o caso das Empresas de distribuição de água e Energia.

O Presidente daquele órgão,  Tagir Ássimo Carimo, falando aos órgãos de informação a margem do evento, sublinhou, que há, transparência na gestão de receitas municipais e no uso da coisa pública ao nível dos municípios “felizmente até agora desde a altura que tomamos posse na ANAMM, ainda não ouvimos casos gritantes, naturalmente porque nós temos estado perto dos nossos associados para aconselhar…”- destacou.

Sobre a transferência de funções e competências do estado as autarquias para a gestão de serviços primários como a saúde e educação aquele dirigente garantiu que este será um dos pontos a ser debatido com exaustão neste encontro, “O que temos notado é que tanto por parte das autarquias bem como do Governo ainda existem algumas reticências de compreensão efectiva do que realmente tem de ser feito ”- esclareceu. Conquanto sabe-se que em Moçambique as Cidades de Maputo e Pemba já tiveram essas funções e competências do estado transferidas para os órgãos municipais como regula o decreto 33/206 de 30 de Agosto.