O escritor e jornalista, Calane da Silva, dirige esta quinta-feira (19), no salão nobre da Cidade, uma palestra subordinada ao tema “ Soares Martins e o Jornalismo em Moçambique ”.

Raul Alves Calane da Silva vem à Quelimane a convite da edilidade, para participar, no programa de lançamento da exibição de Homenagem ao já falecido escritor e jornalista, José Capela, a quem Município dedica cerca de 17 dias de uma exposição permanente da vida e obra do escritor no paços do Conselho. Um evento co-organizado pela edilidade, a Associação Moçambicana de Língua Portuguesa e o Centro Cultural Português.

Calane da Silva é licenciado em Ensino da Língua Portuguesa pela Universidade Pedagógica; é Pós-Graduado em Ensino de Português como Língua Estrangeira pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Portugal, é Mestre em Linguística, pela mesma Faculdade; é Doutorado em Linguística (Lexicologia) também pela mesma Universidade Portuguesa. É docente de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e de Didáctica da Literatura na Universidade Pedagógica, no Maputo.

Foi fundador da Organização Nacional do Jornalistas (ONJ) actual Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ) e também fundador e dirigente da Associação de Escritores Moçambicanos (AEMO), onde em tempos distintos ocupou o lugar de Vogal, Secretário Geral-Adjunto e Presidente; foi dirigente da Associação Moçambicana da Língua Portuguesa (AMOLP). É membro fundador do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), orgão da CPLP. Actualmente é Presidente do Conselho Científico do IILP (Insituto Internacional da Língua Portuguesa).

É membro da Comissão Nacional de Bioética, do Conselho Científico de Etnobotânica, órgão do Ministério da Ciência de Tecnologia, da Comissão Nacional da Língua Portuguesa (IILP). É presidente do Grupo Arco-Íris (Fitoterapia, Ciência de Espiritualidade) e membro da União Espírita de Moçambique (UNEMO). É presidente da Associação CuluralKulungwana. Foi durante sete anos Director do Centro Cultural Brasil-Moçambique e, actualmente.

É actor de Teatro e Cinema e declamador de poesia com CD gravado com poesia de José Craveirinha, tendo também elaborado guiões de alguns filmes moçambicanos e internacionais. A sua obra literária e de investigação linguístico-literária encontra-se editada no país e no estrangeiro. Recebeu várias galardões nacionais e internacionais, como por exemplo o Prémio 10 de Novembro (Prémio Literário da cidade de Maputo), o Prémio José Craveirinha, o maior galardão literário do país, o Prémio Carreira outorgado pela AMEP (Associação Moçambicana das Empresas de Publicidade), tendo também recebido a Comenda da Ordem do Rio Branco, outorgado pela Governo da República Federativa do Brasil e a medalha de Mérito da Cultural tendo sido considerado “Imbondeiro da Cultura Nacional”.

There are no comments yet.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: